O Sistema de Gabriel se apresentou inicialmente à Maria Teresa Miralles, como corpo de conhecimento de cura espiritual, por meio do mantra “A Canção de Gabriel”, em 1 de outubro de 1991. Foi através do som – primeira expressão manifesta dos níveis espirituais – que alcançou o planeta.

O Sistema Essências de Gabriel foi criado por Maria Teresa Miralles de julho de 1997 a julho do ano 2000. Durante este período, a criadora permaneceu por tempo integral no Santuário de Gabriel.

Maria Teresa iniciou os estudos de terapia floral em 1992, pelo portal do Mestre Edward Bach e suas essências, ampliando-os com linhas florais de diversos lugares do mundo. Em 1996, comprou 70 hectares de mata preservada no coração do Cerrado, onde, em novembro, nasceu o Santuário de Gabriel. No ano seguinte, foi morar no Santuário, iniciando sua atuação como criadora do sistema. Penetrando na floresta do Cerrado, com reverência e curiosidade, começou a perceber sua irradiação, força, quietude e grande presença. Caminhava todos os dias pela mata, conhecia as flores e, aos poucos, numa alquimia invisível e indizível, tornava-se um ser da mata, uma deles e todos a conheciam.

Ela morou no silêncio profundo do Santuário de Gabriel até 2002, quando retornou à sua caminhada no mundo exterior, retomando as consultas, como terapeuta e também apresentadora do Sistema de Gabriel. Desde então profere palestras, ministra os cursos de formação e facilita vivências vinculadas ao Sistema e ao Santuário.

O Sistema de Gabriel conta atualmente com um diversificado grupo de pesquisadores. As primeiras reuniões ocorreram em 2001, no Santuário, com os colegas da área transpessoal envolvidos na pesquisa desde o início de sua criação.

Desde 2005, são realizadas as Jornadas de Estudos – encontros anuais voltados para estudo e pesquisa de temas teóricos e práticos relativos ao campo de conhecimento do Sistema de Gabriel. Consistem numa preciosa oportunidade de atualização sobre pesquisas recentes, troca de informações e experiências entre pesquisadores e terapeutas. São convidados a participar todos os que já realizaram o curso básico.

Além destes encontros anuais, que ocorrem em diferentes locais do Brasil, reuniões mensais são realizadas em Brasília no formato de grupo de estudos desde 2010, contribuindo também para o estudo e aprofundamento do conhecimento das diversas matrizes de cura do Sistema.

Tanto pesquisadores, terapeutas quanto usuários das Essências são considerados ativos participantes que contribuem para o Campo de Gabriel.